•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Vestibular: não deixe o nervosismo atrapalhar você

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
A vida do ser humano é repleta de ritos de passagem, são situações marcam e separam as diversas fases
da nossa vida. Talvez o mais importante deles seja o vestibular, pois é quando somos testados como adultos pela primeira vez. Fazer o vestibular não signi?ca apenas entrar em uma faculdade, indiretamente experimentamos as sensações de sucesso e fracasso, sofremos a pressão familiar e colocamos à prova,
literalmente, se toda a preparação de uma vida valeu a pena ou não. Mas como fazer uma boa prova sendo que
nossa cabeça está cheia de questionamentos? Como os pais e os amigos podem ajudar o vestibulando? Revista Help.Com ouviu pais, professores e vestibulandos para dar dicas e fazer o nervosismo passar.

SAIR DA ESCOLA, ENTRAR NA VIDA.
No ?lme “A creche do Papai”, a personagem da atriz Angelica Huston é a coordenadora de uma importante
escola infantil. Em uma das cenas ela fala para os pais dos alunos que, naquela escola, as crianças já são preparadas para o vestibular desde cedo. Tirando o exagero da  ?cção é o que pensa o professor de matemática e pai de uma vestibulanda, Wagner Willian:
“Infelizmente, o aluno acha que a preparação para o vestibular começa no último ano. Na verdade, ela começa muito antes, já nos primeiros anos do ensino fundamental. É lá que ele terá a base para aprender e desenvolver o conhecimento. O último ano é penas o reforço.”. Wagner também dá dicas para os atrasadinhos: “Se você começou a estudar agora, em agosto ou setembro, você está atrasado. Mas para aumentar suas chances vale fazer um bom plano de estudo, com exercícios e questões que já caíram em provas. Seu estudo não pode terminar quando o sinal da escola tocar.”

COMENDO OS LIVROS E ROENDO AS UNHAS.
A  ?lha de Wagner, Paloma Carvalhar é vestibulanda pelo segundo ano consecutivo: “Ao todo, prestei a prova para 9 faculdades, entre públicas e particulares.
Foi frustrante não ver meu nome em nenhuma lista. Chorei,  ?quei triste, mas não teve jeito: levantei a cabeça e segui em frente. Este ano trabalho de dia e estudo a noite e apesar do tempo curto, sinto que
estou mais preparada e responsável. Minha dica para quem não conseguiu é não se deixar abater, sei que há pessoas mais preparadas que eu, mas também há pessoas piores. Faço grupos de estudos com amigos que
estão na mesma situação. E na hora da prova, para me acalmar, levo uma barrinha de chocolate, se a questão
está difícil, como um quadradinho do doce. Me ajuda a pensar melhor.”

LIÇÃO DE CASA
Apesar de não fazerem as provas os pais também sofrem, por isso, antes de brigar com seu ?lho, entenda. Se é difícil para você não ver um ?  lho passar no vestibular, acredite: é bem pior para ele. Converse, incentive, dê
força. Ele precisa da sua ajuda e principalmente, da sua calma. Você vai ver que assim, será mais fácil ele ter sucesso.

 



Você pode pagar seu anúncio com :