•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Consumo consciente: uma nova maneira de ir às compras.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Você é daquelas pessoas que ao comprar um detergente, observa se ele é biodegradável? Prefere comprar produtos de empresas que tenham algum projeto social? Parabéns! Você já faz parte de um novo grupo de consumidores: os consumidores conscientes, gente comum que está decidindo o rumo de inúmeras empresas.

DA NATUREZA A MESA SEM AGREDIR O MEIO AMBIENTE:
Na época de nossos pais e avós, pessoas e empresas não se importavam com os impactos que os hábitos de consumo poderiam trazer ao meio ambiente. Os consumidores, muitas vezes, nem imaginavam que para fabricar o papel, milhares e milhares de árvores eram destruídas. Para que você avalie melhor, até meados da década passada, muitas pessoas ainda possuíam e compravam geladeiras com o gás CFC, prejudicial à camada de ozônio.
Porém, com as constantes mudanças climáticas e com a divulgação cada vez maior de assuntos ligados ao meio ambiente, novas ideias começaram a surgir. A analista de marketing Daniele Motti nos explica: “Hoje as grandes empresas viram que, para se manter no mercado, precisam cuidar do meio ambiente. As pessoas estão cada vez mais exigentes e muitas delas optam por comprar produtos ecologicamente corretos. A maioria dos bancos já imprimem malas-diretas e extratos em papéis reciclados. As empresas de cosméticos criam linhas com plantas de áreas reflorestadas e até a indústria de alimentos já dispensam embalagens plásticas. Isso não é apenas uma tendência. É uma
confirmação.”

PRODUTOS ORGÂNICOS E PRODUTOS ECOLOGICAMENTE
CORRETOS. QUAL A DIFERENÇA?
Muita gente acha que comprar produtos ecologicamente corretos é comprar produtos orgânicos, mas há uma grande diferença entre eles. “Produtos orgânicos são livres de agrotóxicos 

e conservantes. Produtos ecologicamente corretos minimizam, evitam ou de alguma forma investem
na preservação da flora e fauna.”, explica Daniele.

Os produtos ecologicamente corretos vão além da área alimentícia. Por exemplo, há centenas de eletrodomésticos que evitam o desperdício de energia e são feitos em materiais não poluentes ou recicláveis, ou seja, se enquadram no perfil. Outro bom exemplo é o setor de produtos de limpeza.

Sabões, detergentes e até papel higiênico já possuem versões biodegradáveis, que não causam mal algum aos rios e mares. E o melhor, a qualidade é a mesma.

QUEM PAGA O PREÇO: VOCÊ OU O MEIO AMBIENTE?
No início, os produtos ecologicamente corretos custavam caro. Mas com o aumento da procura
e da ofertas, eles estão acessíveis aos que desejam consumir de uma maneira melhor e mais responsável. Por isso, na hora de encher o carrinho, pense não só no bem de sua família, mas no bem do planeta.


Você pode pagar seu anúncio com :