•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

O poder do não. Impondo limites para os seus filhos.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !

Quando ainda não somos pais e vemos a cena de uma criança fazendo birra, o pensamento quase imediato é: “No dia que tiver meu filho não vai ser assim!”. Só que o tempo passa. Na prática, vivenciamos que educar uma criança, impor limites e dizer não é uma tarefa dura, difícil e, muitas vezes, faz com o pai e a mãe sofra mais que a próprio filho. Mas estabelecer regras é fundamental para uma boa educação e um bom aprendizado. Por isso, fique atento e saiba que dizer não, pode fazer muito bem para o seu filho. Falando o não sem culPa.
O número de pais e mães que trabalham fora é bem maior do que na década passada. Muitos de nós precisam se desdobrar para trabalhar e cuidar dos filhos. O problema é que tentamos compensar a ausência na rotina afrouxando as regras, permitindo que a criança domine os adultos. Rotineiramente vamos fazendo concessões em horários para dormir, nos estudos e até na alimentação. Fora, que já se tornou norma compensar a falta da presença física com brinquedos e outros itens materiais. Ao invés de ajudar isso atrapalha e estimula os filhos a quererem sempre mais, não respeitando quando os pais negam ou não permitem que algo seja feito. O resultado: birra, manha e muita malcriação.
Restabelecendo a ordem.
Por mais que seja duro, dizer não é realmente fundamental. As crianças são questionadoras natas, ou seja, vão perguntar e tentar dobrar os pais, convencendo-os a fazer justamente o oposto do estavam mandando.
As regras devem ser impostas e cumpridas por todos. Por exemplo: algumas crianças, ao escutarem um não, começam a chorar, bater os pés e levam os pais à loucura, seja dentro de casa ou em uma loja. Se você ceder, mostrará que para conseguir alguma coisa, basta gritar ou chorar. A primeira dica é manter-se firme e até ignorar. Mostrando que ele não vai ganhar o que quer naquele exato momento. você é a auToridade. Um verdadeiro líder conquista a confiança e o respeito. Com os nossos filhos é bastante similar. A criança deve estar ciente que os pais sabem o que é melhor pra ele e devem obedecer de maneira natural, sem que para isso sejam necessárias brigas ou discussões.
No caso de pais com mais filhos, que insistem em disputar pela sua atenção através de brigas, não tente encontrar um culpado, mostre-se insatisfeita com os dois. Você também poderá criar jogos ou brincadeiras em que brinquedos necessitem ser compartilhados. Isso ajuda a desenvolver a solidariedade e mostra que eles também podem dividir o seu amor.
Por último, lembre-se: estabelecer limites faz com que as crianças saibam respeitar o espaço alheio, mostrando que nem tudo é da maneira como queremos. Além de evitar futuras decepções, você vai ter a certeza de criar um adulto mais consciente e feliz.

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :