•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

A importância de passeio com os cães.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Para manter a forma, para ganhar saúde, para emagrecer e até para espairecer. Caminhar parece um remédio sem contraindicação para pessoas de todas as idades. Porém, este ato não é benéfico apenas para os humanos. Ele é imprescindível também para os cães. Nesta matéria você vai conhecer como um simples passeio pode mudar a vida do animal para melhor.
 
Indo mais longe.
Um passeio no parque ou uma volta no quarteirão podem parecer muito pouco para você. Mas para o seu cão é o sinônimo de liberdade e estímulo. Nós explicamos, além dos benefícios à saúde física, caminhar ajuda a estimular o olfato e até mesmo a audição canina. Todos os cães possuem o nariz e o ouvido muito mais apurados e desenvolvidos do que nós, humanos. Passear coloca nosso amigo de quatro patas frente a estímulos completamente novos, fazendo com que ele fique saudável não apenas fisicamente, mas sim, mentalmente.
Ainda há um outro fator, o comportamental. Estudos afirmam que cães que possuem uma rotina de passeios tendem a ser mais calmos e menos agressivos dos que vivem confinados em casas ou apartamentos. Isso também os livra da depressão. Muitas pessoas evitam sair com os cães porque eles tendem a agir de forma irrequieta e estressada. Mas fique atento: talvez seja exatamente pelo fato dele não sair que esteja tendo essa atitude. Fique de olho.
Como definir a frequência?
Geralmente, os veterinários são os mais indicados para avaliarem a frequência com que seu cãozinho deva sair, respeitando o peso, a raça, a idade e a condição física. Mas você, com um pouco de observação, pode ajudar a achar o tempo e a duração necessária. Por exemplo, os cães são bastante resistentes ao inverno, então, não use o frio como desculpa para ficar em casa. Em contrapartida, no verão prefira horários no começo da manhã e final da tarde, quando o sol está bem mais ameno.
Outra dica importante: nós sabemos que você ama seu cão, que ele é obediente e calmo, mas nem por isso você deve passear sem prendê-lo corretamente na coleira ou guia. Na rua seu cão está cercado de situações que não são encontradas em casa: a buzina de um carro, o convívio com animais maiores e menores, etc. E, sim, ele pode se assustar com tudo isso e fugir ou, em casos mais extremos, colocar a própria vida em risco. Portanto, fora de casa, somente na coleira.
Responsabilidade e cidadania.
Por último, nós deixamos uma dica para os donos: seja um cidadão e contribua para a limpeza da cidade. Todo mundo leva seu cachorro para passear e fazer as necessidades fisiológicas na rua. Mas é sua responsabilidade recolher o cocô deixado. Assim, as ruas vão ficar sempre prontas para receber seu amigo de 4 patas.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :