•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Atividades extracurriculares. O equilíbrio entre educação e rotina.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Português, matemática, ciências. Engana-se quem pensa que o aprendizado infantil está restrito apenas às matérias convencionais,
ensinadas dentro da sala de aula. Assuntos como esportes, músicas e até artes cênicas podem contribuir positivamente para o desenvolvimento social, comportamental e até intelectual de seu filho. O importante é descobrir o equilíbrio entre tantas opções e o tempo de descanso da criança. Mas basta ler essa matéria para tirar as suas dúvidas.

 
TudO aO mesmO tempO agOra .
Muitos adultos possuem uma rotina diária extremamente atribulada. Academia, trabalho, estudo e depois, centenas de afazeres domésticos. Mas parece que esse tipo de atividade não se restringe apenas ao mundo dos mais velhos. A cada dia vemos mais e mais crianças que ocupam seu tempo com atividades que vão da dança a simples aulas de reforço.
A realização de outras ações, que pareçam não integrar o currículo escolar, como falamos no início, é muito benéfica ao desenvolvimento infantil. O problema é justamente o exagero dos pais.
Seja para ocupar o tempo livre enquanto os responsáveis estão trabalhando, seja para desenvolver alguma aptidão ou talento natural e até por insistência dos próprios filhos, o exagero no número de atividades tem feito com que o tempo de descanso e também o das brincadeiras fique cada vez mais curto.
Se aprender uma atividade nova é importante, brincar e descansar é imprescindível para a saúde física e mental dos pequeninos. Uma boa dica para evitar o exagero é dividir as atividades durante toda a semana. Se seu filho faz inglês, futebol, violão e natação, tente dividir as tarefas de segunda a sexta ao invés de concentrar tudo em um único dia.
O auxíliO que vem da escOla .
O acúmulo de tarefas também pode gerar um outro problema: custo. Atividades fora da escola são dispendiosas. Porém, tanto o problema de tempo, quanto o do preço, podem ser contornados de maneira simples: sem sair da escola. Muitas instituições já possuem o chamado período integral. Ou seja, ao invés das 4 horas diárias, ela fica um tempo maior, realizando atividades extras que auxiliarão em seu desenvolvimento. Quando já não estão na grade curricular, os pais pagam um pequeno acréscimo na mensalidade. Essa é uma alternativa mais em conta e que garante estudo e informação em proporções adequadas.
Aprender é fundamental. Mas respeitar as necessidades de descanso na rotina do seu filho pode evitar quadros de estresse para você e, principalmente para ele. Por isso, fique de olho.
O amor e o cuidado merecem entrar na agenda de qualquer criança.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :