•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Jovens e a Internet . Quais são os limites ?

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Hoje em dia é impossível não estarmos conectados. Em casa, na escola, nos celulares, nos videogames e até em nossa televisão. A internet, pouco a pouco, está mudando a nossa maneira de se divertir, de ver filmes, de ouvir música e principalmente, de se comunicar com as pessoas. O que por um lado traz facilidades, por outro, abre uma nova fronteira na educação de crianças e adolescentes, que parecem já nascer com um perfil em alguma rede social. E você? Está preparado para educar seu filho nessa nova era digital?

A époCa da InoCênCIa.
Um dos primeiros e mais sábios conselhos que recebemos de nossos pais e, consequentemente, repassamos aos nossos filhos é o clássico “Não fale com estranhos.”. No mundo off-line, ou seja, na vida real, reconhecer quem faz parte de nosso círculo familiar e de amizades é relativamente fácil. Porém, quando se trata da internet, as coisas assumem um caráter bem mais complicado. Primeiro porque nunca temos certeza de quem realmente estamos conversando e depois porque, ao contrário do que costumamos imaginar, as pessoas podem mentir e se aproveitar das piores maneiras possíveis. Então, como principal dica para os pais, é ter o mesmo critério dentro e fora da internet. Procure saber com que seu filho conversa, observe o que está sendo falado e nunca, nunca o incentive a mandar dados pessoais como senhas, fotos comprometedoras, endereços de casa ou da escola.
Do vIrtual para o real
Algumas amizades podem ultrapassar a barreira da tecnologia e sair do mundo virtual para o mundo real. Mas como dissemos, nem toda pessoa na internet é bem intencionada. Muito longe de ser uma teoria alarmista, criminosos,
muitas vezes, fingem ser crianças ou jovens para cometer diversos crimes, entre eles, a pedofilia. Portanto, muito cuidado. Se seu filho marcar um encontro com alguém pela internet, acompanhe-o e peça para os pais do amigo fazerem o mesmo. Só assim você terá a plena certeza que sua criança estará segura e longe dos problemas. Esse tipo de precaução demonstra a sua firmeza e o seu comprometimento com a educação de seu jovem.
por uma questão de eduCação.
Desde o início nós listamos alguns do perigos que seu filho pode correr na internet, porém, ele próprio, pode utilizar do anonimato online para agredir, enganar ou prejudicar os outros. Por mais que ele seja um exemplo de educação, lembre-se de que as pessoas, quando não precisam ser identificadas, podem assumir uma face agressiva. Então, estimule seu filho a ser tratar pessoas da mesma forma que gostaria de ser tratado: com todo respeito. Agora é ficar de olho para seu filho não correr risco nenhum.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :