•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Liquidações de final de ano: como aproveitar e renovar seu guarda-roupa.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
13º Salário, Natal, Reveillon, férias. Não faltam motivos para você adorar o final de ano. Algumas
pessoas encontram ainda mais um atrativo: as grandes liquidações que acontecem justamente nesta época. Uma oportunidade perfeita para renovar o visual sem gastar muito. E agora, com as dicas da revista Help. Com, você vai realmente renovar seu visual para ficar para ficar ainda mais fashion em todo 2014.

Tá barato pra caramba!
Liquidação é uma palavra tentadora até para o mais pão-duro dos seres humanos. Para mulheres, então, ela pode ser ainda mais especial: uma chance de ouro para comprar aquele vestido dos sonhos ou o sapato incrível com descontos inacreditáveis. Mas, por mais dinheiro que você possua, cada pequeno gasto desnecessário pode fazer com que seu orçamento fique realmente comprometido. Por isso, essa é a primeira regra de ouro das liquidações: planejamento.
As liquidações de natal, geralmente, acontecem nas primeiras semanas de janeiro, onde lojas e shoppings tentam limpar completamente o estoque que sobrou.
Sabendo disso, você poderá separar uma quantia exata para gastar nesse período, sem, entretanto, estourar o cartão de crédito (já comprometido com os presentes do natal) ou começar o ano endividado com gastos não planejados.
Querer é diferente de precisar.
Imagine que você vai ao supermercado para comprar um quilo de carne para o jantar. Mas ao passar pela sessão de produtos de limpeza, vê o sabão em pó com um preço bom e, ao invés da carne, leva o sabão em pó. Você até adquiriu um bom produto por um ótimo preço, mas ficou sem o que realmente precisava. Nas liquidações acontece exatamente a mesma coisa: você precisa aproveitá-las para comprar o que realmente precisa com um grande desconto e não adquirir roupas
que nunca vai usar só porque estão baratas. Ou seja, a segunda regra de ouro é controlar os impulsos.
Por exemplo: se você possui um estilo clássico evite levar para casa roupas com cores chamativas
demais só porque estão mais em conta. Além de desperdiçar dinheiro, você ficará com o armário cheio desnecessariamente.
Comprar é experimentar.
A terceira regra é experimentar. Muitas lojas não realizam trocas de peças em promoção. Portanto, se gostou de alguma coisa, a melhor forma é enfrentar a fila do provador, quantas vezes forem necessárias.
Não adianta se enganar dizendo que você vai perder ou ganhar alguns quilos para entrar naquela calça linda. Se ficou muito apertado, largo, pequeno ou grande demais, peça a sua numeração correta. Se não tiver, simplesmente não leve. Vá com tempo para poder experimentar as peças que mais gostou.
Agora mais um ponto que merece atenção: além das liquidações, algumas lojas promovem bazares com peças de coleções passadas ou com alguns pequenos defeitos de fabricação. Fique atento, pois os bazares também não realizam trocas. Ao levar alguma peça, observe atentamente seu estado de conservação. Seguindo essas regrinhas, você vai sair das liquidações ainda mais fashion do que entrou.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :