•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Psicologia e Espiritualidade.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Muitos psicólogos e abordagens de psicoterapia concordam que trabalhar o aspecto espiritual é fundamental no tratamento. Mas fique atento: a espiritualidade não é religião nem espiritismo. É prestar atenção à sua voz interior. Ela lhe dá paz, nos leva a raciocinar sobre tudo e a questionar tudo também.
A espiritualidade é tudo. É divina, sem regras, não segue preceitos de um livro sagrado, não se alimenta do medo e sim da confiança e da fé.

Colocando a paz em prática.
Descubra o que lhe proporciona paz e serenidade e reserve algum tempo para esta prática. Esse exercício consiste em aprender a abandonar o medo (todos os “e se”) e o desespero (todos os “se ao menos”) e substituí-los por pensamentos positivos sobre sua vida. Solte as rédeas, confie! Trabalhar espiritualidade requer disponibilidade e não crença. Requer também que você adote alguns lemas, em forma de declarações a si mesmo, para mudar velhos padrões de pensamento e sentimentos. Acreditando ou não numa força maior, as declarações podem mudar a sua vida. Crie seus próprios lemas e os repita silenciosamente, ou em voz alta. Por três minutos olhe no seu espelho e diga em voz alta: “(seu nome), amo você e te aceito exatamente como você é”.
Afirmações positivas têm o poder de acabar com pensamentos e sentimentos destrutivos, mesmo quando a negatividade vem de muitos anos. Abaixo, você tem mais exemplos de outras afirmações:
1. Estou livre da dor, da raiva e do medo;
2. 2. Gozo de paz e bem-estar;
3. Todos os problemas e conflitos agora se vão: estou sereno;
4. Eu esqueço toda a dor do passado;
5. Estou livre e com muita luz;
6. Sou abençoado;
7. Deus me dê a serenidade para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para modificar as que posso e sabedoria para distinguir a diferença.
Eu tenho a força.
É necessário desenvolver a espiritualidade porque, sem isso, é praticamente impossível controlar seus pensamentos e aumentar sua força interior.
A prática espiritual acalma e ajuda a modificar sua perspectiva: de vítima, você passa a ser fortalecido. É uma fonte de força durante uma crise.
Passando a ter acesso ao alimento espiritual, sua vida e sua felicidade passam a estar mais sob seu próprio controle e menos vulneráveis aos atos de outras pessoas.
Aline Cataldi Aline Cataldi – Psicóloga CRP:05/29285 Mestre em Saúde Mental (UFRJ)
Site novo no ar: www.alinecataldi.com.br

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :