•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Ilha grande. Um paraíso da natureza.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !

Pergunta clássica: quem você levaria para uma ilha paradisíaca? Sua família para alguns dias de descanso? Seu grande amor para uma merecida lua de mel? Ou seus melhores amigos para aproveitar a vida ao máximo.

Bom, quando falamos dessa forma, até parece que o local se refere a algo distante, caro ou inalcançável aos nossos recursos. Mas isso é apenas impressão, porque estamos falando de um local tranquilo, acessível em termos de preço e surrealmente perto do Rio: a já famosa Ilha Grande. Por isso, não perca tempo e programe-se para conhecer esta ilha única que possui atrações e natureza de sobra para todos os tipos de turistas. 
Maior e Melhor. 
Angra dos Reis é conhecida por possuir um dos mais charmosos arquipélagos do Brasil. Diversas ilhas são propriedades de veraneio de ricos e famosos, ou seja,  inacessíveis a grande maioria das pessoas. O contraditório é que a maior delas está aberta a sua visitação: a Ilha Grande. Um paraíso ecológico que até os dias de hoje, mantém o clima bucólico e pacato. E isso se deve a dois fatores primordiais: o rigoroso 
controle em relação ao meio ambiente e, por consequência, a ausência total de carros. Isso mesmo: é impossível chegar à Ilha Grande de carro. 
Navegar é preciso. 
Só há uma maneira de viajar até Ilha Grande: de barco. Mas relaxe: há três pontos possíveis de embarque no continente: o mais comum às pessoas que vêm do Rio de Janeiro é o embarque no centro de Mangaratiba. O preço é camarada, apenas R$4,50 (e ainda aceita Bilhete Único). Mas nem tudo é tão fácil, há apenas um horário saindo desse ponto: 8h. Nas  sextas-feiras há um horário extra saindo às 22h. Lembre-se: esse é o trajeto mais longo.
O outro ponto de embarque é o bairro de divisa entre Angra e Mangaratiba, Conceição de Jacareí. A viagem é bem rápida, dura em 
média 1 hora, mas há pouca disponibilidade de barcos. A rota com maior número de embarcações é a rota que vai do centro de Angra dos Reis à Ilha Grande. Você pode optar por viajar nas barcas tradicionais, saindo sempre às 10h, com preços de R$ 4,50, ou então optar pelos confortáveis catamarãs, que saem em três horários diferentes: 9h, 12h30mim ou 17h. Os preços, em compensação, são mais salgados A passagem só de ida custa R$ 30,00. Mas o trajeto ida e volta sai por apenas R$ 50,00.
Todos os barcos citados até aqui desembarcam em um ponto específico em Ilha Grande: a Vila do Abraão, aonde muitos consideram o “centro” da ilha, com pousadas, restaurantes e uma simpática e rústica estrutura. Quem vai ficar em outras praias pode optar pelo translado direto do continente, com empresas e  barcos privados ou, uma vez na Vila do Abraão, utilizar os barcos locais. 
Preservação como maior atração. 
A não permissão da entrada de carros, o controle sobre os campings (é terminantemente proibido acampar fora dos campings regulares na Ilha Grande. Caso o turista tente infringir a lei ele será expulso da Ilha pela polícia ambiental) são medidas que procuram proteger e manter a fauna e flora da Ilha. Este pedaço de terra no mar possui três reservas: a Reserva Ambiental Estadual da Ilha Grande, a Reserva Estadual Marinha do Aventureiro e a Reserva Biológica da Praia do Sul. Saiba que, ao contrário de outros locais, a disposição das reservas pode afetar a sua visita. Nós explicamos: por ser um local de preservação, a praia de Aventureiros possui um limite máximo de ocupação turística. Se, por ventura, todos os campings de Aventureiro estiverem cheios, ou você procura abrigo em outro local ou terá que sair da Ilha. Há ainda mais um exemplo: não é permitido visitar a Reserva Biológica da Praia do Sul (uma das mais bem conservadas de todo o estado do Rio). Até a visitação guiada, comum em outros locais, é permitida para fins de pesquisa científica.
Difícil escolher o melhor programa. 
Depois de se programar para seguir à risca as regras ambientais e descobrir qual o melhor ponto de embarque, chagou a hora de aproveitar ao máximo a ilha. E acredite, uma das principais dicas para isso é, independente se você ficar em campings ou pousadas, é acordar bem cedo, pois seu dia nunca será longo o suficiente para aproveitar a quantidade incrível de praias, cachoeiras, trilhas, passeios de barco e mergulhos que você poderá fazer.
Alguns programas, entretanto, já se tornaram clássicos e o primeiro deles, sem dúvida, é aproveitar as praias da região. A ilha possui mais de 100 e todas com uma límpida água verde ou azul. Dentre as mais famosas estão Lopes Mendes, acessível por uma trilha de duas horas saindo da Vila do Abraão. Ela possui 3 quilômetros de areia e é bastante movimentada no verão. Outra praia que ganhou a preferência dos visitantes é a simpática Cachadaço. Com apenas 15 metros de areia ela possui riachos e águas transparentes. Apesar do nome engraçado, não deixe de ir a praia do Saco do Céu. Lá você encontra excelentes restaurantes e muita diversão. 
No Fundo Do Mar. 
O mais impressionante da Ilha Grande é que as atrações não estão restritas apenas na terra. Passeios de barcos podem levar você aos mais belos recantos da Ilha, como também, aos melhores pontos de mergulho. Locais como Ilha do Abraãozinho, Palmas e Lagoa Azul podem ser mais facilmente acessados por meios marítimos. Esta última também é um paraíso para os mergulhadores. Estrelas do mar, cardumes coloridos e cavalos marinhos convivem com diversos turistas de snorkel.
Outra vantagem para quem é adepto do mundo submerso é o grande número de naufrágios por toda a costa da ilha. Você poderá conhecer navios, fragatas e até um helicóptero, que se tornaram verdadeiros santuários de vida marinha. Outro ponto muito procurado pelos mergulhadores é a Gruta Acaiá. Uma caverna parcialmente inundada de beleza única. Quem decidir ir por terra deve se preparar: a caminhada até a Ponta do Acaiá é de aproximadamente uma hora e uma pequena escada improvisada leva você até o salão. Para não correr nenhum risco a melhor pedida é contratar um guia local e levar lanternas. 
Uma Beleza Que Vai Prender Você. 
Se você leu a matéria até aqui pode achar estranho nós ainda não termos citado um dos mais famosos e procurados pontos da Ilha Grande: o antigo presídio Cândido 
Mendes. Localizado na Vila de Dois Rios que possui esse nome devido ao encontro de dois rios de águas cristalinas no local. O presídio da Ilha Grande, que outrora foi considerado um dos mais seguros do país, recebeu presos “famosos” e foi cenário de fugas realmente cinematográficas, hoje é um conjunto de ruínas que atraem centenas de visitantes a todo instante. Porém, para conhecer a história, é um dos melhores passeios da ilha. Por isso, se você deseja diversão, natureza, belas paisagens e programas perfeitos para fazer com sua família, amigos ou até com seu amor, a Ilha Grande é o destino perfeito para suas férias, porque, mesmo sem grades, ela vai prender você.

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :