•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Londres - O Mundo esta aqui

Compartilhe esta matéria com seus amigos !

Rainhas, duquesas, príncipes. Chamar Londres de terra de conto de fadas não seria nenhum exagero. Afinal,em qual outro lugar do planeta, podemos encontrar cultura, parques e jardins arborizados e bem cuidados, um povo extremamente educado e, claro, a monarquia?
Porém, Londres vai muito além. A cidade é uma referência em unir tradições que parecem distintas,
misturar culturas de várias partes do mundo e abrigar pessoas com estilos completamente diferentes,
convivendo, harmoniosamente, dentro da mesma paisagem. Isso sem falar nas peculiaridades da cidade
e na música que se tornou referência mundial. Separe o passaporte e venha com a gente nessa genuína terra de faz de conta que é absolutamente verdade.
Um universo diferente.
Se Paris (nosso destino da edição passada) é a cidade mais visitada do mundo, Londres procura quebrar essa hegemonia. Hoje ela é a segunda cidade na preferência de turistas chegando, há alguns anos atrás, ultrapassar a sua rival europeia. E os brasileiros, talvez, sejam os que mais ajudam a propagar a fama de Londres: além da facilidade de não precisar de visto, há voos diários saindo de diversas capitais brasileiras.
Uma característica da cidade ajuda no turismo: Paris fica cheia quase o ano inteiro, com filas em grande partes das atrações turísticas. Já Londres, há períodos bem definidos, a partir de abril o frio intenso já se dissipou e a cidade ganhas as cores da primavera. Nos meses de verão, junho, julho e agosto (alta temporada) você poderá aproveitar os parques e as áreas livres.
Fique apenas atento aos meses de inverno, a cidade é muito fria e as condições climáticas nem sempre
ajudam. Outra dica importante da cidade é em relação às hospedagens. Até pouco tempo atrás, os hotéis se dividiam em duas categorias distintas: os de alto luxo, com serviços exclusivos e muito conforto, porém com preços exorbitantes, ou os chamados bed and breakfast (cama e café da manhã) que, como o nome já diz, oferece quartos simples e café da manhã, em alguns deles, até para acessar a internet wireless é necessário pagar uma taxa extra. Para não ter dores de cabeça, opte por estabelecimentos de redes internacionais, que são mais em conta, possuem ótima localização e possuem serviços diferenciados.
Outra informação importante: apesar de estar na Europa, a Inglaterra não aderiu a moeda única,
utilizada na maioria dos países, o Euro. A moeda local é a Libra Esterlina que, até o fechamento da revista, tinha a cotação de £1 para R$ 3,50 (aproximadamente).
Você com liberdade de ir e vir.
Algumas cidades possuem trânsito caótico, outras só permitem que sejam conhecidas a pé, e outras
possuem a vantagem de ter táxis relativamente baratos. Já Londres possui um dos melhores sistemas
de transporte público do mundo, e o melhor, para conhecer os cartões postais, você poderá andar em
um deles: os ônibus vermelhos de dois andares. Além dos ônibus, você poderá usar o metrô, há estações
espalhadas por toda metrópole, as linhas são bem sinalizadas, com mapas e algumas delas até possuem
o itinerário dos ônibus que passam perto das estações.
Para facilitar sua vida, adquira o Oystercard, um cartão de metrô que permite diversas viagens. Para comprá-lo é necessário fazer um depósito de £5 e, caso você não o utilize, o dinheiro é devolvido.
Se, mesmo com uma ampla rede de serviços, você quiser alugar um carro, redobre sua atenção: ao contrário do resto do mundo, os londrinos dirigem na mão invertida (a chamada mão inglesa) o que
pode gerar muitos equívocos nos motoristas não acostumados.
O novo e o antigo lado a lado.
A variedade e a convivência pacífica entre o antigo e o novo estão em diversas ruas de Londres. E pode ser exemplificado até em dois grandes cartões postais da cidade: o Palácio Westminster, a sede do parlamento e a moderníssima roda gigante London Eye. A primeira atração vale uma visita pela sua magnífica arquitetura gótica e por abrigar o mais famoso relógio do mundo, o Big Ben. As visitas guiadas custam £15, são realizadas aos sábados e domingos e precisam ser agendadas. Uma
vez dentro do palácio, você poderá apreciar diversas salas, a Torre Victoria e o interior do Big Ben, com seu sino de 13 toneladas. Já a London Eye, uma imensa roda gigante, foi originalmente construída para ser uma atração temporária, mas o sucesso foi tanto, que hoje é parte da paisagem da cidade. A volta completa dura cerca de 30 minutos e de seu ponto mais alto é possível avistar toda metrópole. Os ingressos para adultos se iniciam a partir de £17.
Por dentro da realeza.
Mas em Londres há outro palácio que chama tanta a atenção quanto Westminster, a verdadeira moradia da
família real, o Palácio de Buckingham. Infelizmente não é todo o dia que algum membro da realeza vem
à sacada acenar para os súditos, porém, você pode sentir, mesmo que por algumas horas, todo o glamour
de viver como reis e rainhas: o palácio está aberto à visitação. As visitas custam £18, a mais barata e mais curta e £31,95, a mais cara e mais completa.
Se depois dessa emoção você quiser relaxar e aproveitar o tempo, vá até o Hyde Park, uma ampla
área verde a céu aberto e local predileto dos londrinos para concertos de música (incluindo aí o rock) ou charmosos piqueniques.
Uma cidade que nunca sai de moda.
A agradável mistura entre moderno e antigo também influenciou a moda londrina. As mulheres poderão
encontrar marcas luxuosas e renomadas, grandes magazines, sendo que alguns possuem coleções assinadas por grandes estilistas com preços acessíveis.
Mas o mais curioso e divertido é vasculhar pelos incontáveis brechós e feiras em busca de peças vintages exclusivas. Já para os homens, a grande pedida é se divertir nos inúmeros pubs (bares) deliciando-se com grandes copos de cerveja. E o melhor, assim como nós, os ingleses são apaixonados por futebol, ou seja, você vai se sentir em casa.
Até na gastronomia os ingleses conseguem promover suas fusões culturais. Apesar de não possuir muita
fama na gastronomia, Londres conta com importantes restaurantes, alguns até assinados por chefes famosos como o apresentador Jaime Oliver. Os preços também são absolutamente saborosos com opções para todos os gostos e bolsos.
Com tanta variedade e atrações, Londres é uma cidade que merece estar no roteiro de quaisquer férias,
inclusive nas suas. E aí? Pronto para embarcar?.

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :