•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Primeiros socorros em animais domésticos: como tratar as emergências.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
Eles são considerados da família. Dão alegria quando chegamos e retribuem, sem exigir nada em troca, o carinho e a atenção que diariamente damos a eles. eé justamente por termos tanto amor, que ficamos apreensivos e, até mesmo, desesperados quando alguma emergência acontece com nossos bichinhos de estimação. entretanto, existem algumas situações que você poderá ajudar e até amenizar a dor do animal até
a chegada ou a consulta com o veterinário. 
Veja como lidar com essas pequenas situações.
mordidas de oUtros animais–Antes de tudo, saiba que qualquer ser vivo, em situações estressantes ou de dor podem ter atitudes inesperadas, como por exemplo, morder o próprio dono. Antes de qualquer procedimento convém colocar uma focinheira ou mordaça. tome cuidado apenas para não sufocar o animal. Depois, limpe os ferimentos com bastante água limpa. Apenas cubra ou faça uma leve compressão caso estejam sangrando muito. Mordidas geralmente infeccionam e precisam ser cuidadas por profissionais,
ligue imediatamente para o veterinário.
engasgo–cães e gatos, muitas vezes, costumam ingerir objetos estranhos e, até mesmo, pedaços de brinquedos. É justamente por este fato que os engasgos são extremamente comuns nestas duas espécies.
para retirar o objeto, olhe dentro da boca e procure um corpo estranho visível. Se encontrá-lo, remova-o com uma pinça ou alicate de ponta comprida para que o animal consiga respirar. tenha eXtReMO cuidado de
não empurrar o corpo estranho mais para dentro da garganta. Se ainda continuar alojado e imóvel, coloque o animal deitado de lado e faça pressão na altura das costelas com a palma da sua mão, 3 ou 4 vezes. Repita mais algumas vezes até o deslocamento do corpo estranho. Mesmo que você consiga retirar, ligue para o seu veterinário imediatamente, o objeto pode ter causado ferimentos internos. envenenamento – produtos químicos como desinfetantes, água sanitária e até mesmo alguns tipos de alimentos inofensivos aos humanos podem ser fatais em animais domésticos. Anote o que o seu animal tomou ou comeu, qual a quantidade e ligue com a máxima urgência para o veterinário.
nunca, em nenhuma hipótese, tente provocar vômitos. para atenuar até a chegada do veterinário, lave a pele do animal com bastante água e sabão neutro. vômitos- apesar de comum em algumas espécies, o vômito constante pode ser um sinal de alguma doença mais grave. para atenuar o desconforto até a visita ao veterinário, diminua a quantidade de comida. Depois de 12 horas, comece a dar pedras de gelo para seu cão ou gato para evitar a desidratação. Depois, lentamente, vá colocando pequenas porções de ração (ou a comida diária) até chegar a quantidade normal ingerida pelo animal.
essas dicas ajudam e salvam você e seu bichinho de uma emergência, mas como você pode observar, é imprescindível a visita a um veterinário. não deixe para depois.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :