•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Tipos de piso: tenha a beleza aos seus pés.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !
A decoração, assim como a moda, segue tendências. Muitas vezes, em apartamentos construídos na década
de 70 e 80, podemos ver grandes ambientes revestidos por pisos de madeira, os populares tacos. Já na década seguinte, requinte era sinônimo de pisos frios, fáceis de limpar. Hoje, ainda bem, a decoração está mais democrática e há, em qualquer loja de materiais de construção uma infi nidade de pisos que são capazes de confundir e enlouquecer qualquer consumidor. Por isso, a Revista Help.Com buscou dicas com arquitetos e decoradores para saber qual o melhor piso para cada ambiente da sua casa.

UM ORÇAMENTO, DIVERSAS OPÇÕES.
Quando reformamos nossa casa queremos o melhor. Mas, por motivos de orçamento, nem sempre podemos colocar exatamente o que gostaríamos. Só que isso não é motivo de tristeza ou insatisfação. É o que explica a estudante de arquitetura Rebeca Rebello: “Com os avanços tecnológicos, podemos encontrar pisos semelhantes e muito mais baratos. Há ainda um outro fato. Até materiais comuns, como o cimento, com a técnica correta, podem dar um charme diferente a uma sala ou a um quarto”. Rebeca ainda nos mostra uma outra importante dica: em uma reforma devemos fi car atentos, cada ambiente necessita de um piso diferente e específi co e isso já deve estar bem detalhado na verba que vamos utilizar.
A MELHOR ESCOLHA PARA VOCÊ:
Como disse a estudante, cada ambiente necessita de um piso ou revestimento diferente. Mas você sabe qual é o mais adequado? Fizemos uma pesquisa e vamos tirar todas as suas dúvidas:
Cimento queimado: Essa nova técnica está encantando decoradores. Oferece uma característica rústica ao ambiente. Não tem rejuntes e é de fácil limpeza, porém, se for utilizálo na cozinha, cuidado: a gordura pode manchá-los.
Porcelanato: Um dos mais apreciados por consumidores e moradores: possui alta durabilidade, é de fácil limpeza, possui grande resistência a água (pode ser instalado em cozinhas e banheiros) e o melhor: possui as mais diversas cores, tons e alguns, chegam a imitar outros materiais como madeira e pedra. Pode ser utilizado em ambientes externos e internos e possui fácil instalação.
Azulejos: Possuem as mesmas características dos porcelanatos, mas a grande diferença é que há a necessidade de rejunte, o que pode deixar a limpeza mais difícil. Há ainda uma outra questão: procure marcas certifi cadas, que possuam azulejos do mesmo formato. Além de ser mais fácil de calcular a quantidade de material, o espaço para o rejunte também será menor.
Madeira: Possuem uma infi nidade de tipos e formatos, desde tábuas corridas até tacos ou lâminas. Dão um toque aconchegante ao ambiente, são decorativos e belos. Dentre as desvantagens estão a baixa tolerância à
água. Dependendo do tipo da madeira, podem ser muito mais caros que um piso como porcelanato, por exemplo.
Pisos sintéticos ou emborrachados: Ideais para ambientes com crianças. São fáceis de limpar, acústicos e absorvem o impacto. Indicado para quartos e salas de ginástica eles só possuem uma contra-indicação: muita umidade pode descolálos. Por isso, não são indicados para áreas externas,
cozinhas e banheiros.
Com um bom planejamento e essas dicas, você vai realizar seu sonho sem precisar gastar mais por isso.

 

 

 

 



Você pode pagar seu anúncio com :