•Agência de Turismo
   •Beleza e Estética
   •Decoração
   •Diversão
   •Educação e Cursos
   •Gastronomia
   •Lazer
   •Meio Ambiente
   •Moda e Vestuário
   •Pet & Cia
   •Psicologia
   •Saúde
   •Turismo

Tabagismo. Apague para sempre o cigarro.

Compartilhe esta matéria com seus amigos !

Atualmente sabemos que parar de fumar não é apenas uma questão de força de vontade. O tabagismo gera três dependências: física, emocional
e comportamental (hábito). Por isso, muitas pessoas não conseguem parar de fumar sem ajuda profi ssional.
Comumente, encontramos pessoas que, embora queiram parar de fumar, ainda se encontram muito divididas entre parar e não parar (ambivalentes).
Neste caso é realizado um trabalho motivacional para que, posteriormente, inicie o tratamento para parar de fumar.
OS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE.
Ao parar de fumar obtemos grandes benefícios como:
após 20 minutos, a pressão arterial e a pulsação voltam ao normal; após 2 horas, não há mais nicotina circulando no seu sangue; após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza; após 12 e 24 horas,
seus pulmões já funcionam melhor; após 2 dias, seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar já degusta melhor a comida; após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil e a circulação melhora;
após 1 ano, o risco de morte por infarto do miocárdio é reduzido; após 5 a 10 anos, o risco de sofrer morte
por infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.
ONDE HÁ FUMAÇA, HÁ BEM MAIS QUE FOGO.
Cada cigarro contém, em média, 4.730 substâncias tóxicas que causam sérios danos à saúde. Vale ressaltar que a única substância que causa dependência é a nicotina. Podemos perceber a dependência física pela síndrome de abstinência, onde o corpo que estava acostumado a receber nicotina por muito tempo, irá sentir falta e reagir. Podemos avaliar o grau da dependência física pelo teste de Fargerström.
A dependência emocional (psicológica) é percebida


quando o cigarro serve de bengala para as emoções, boas ou ruins. É como os fumantes aprenderam a lidar
com elas. A pessoa está ansiosa, então fuma. Se está triste também fuma. Ficou feliz, fuma. A dependência de hábito (ou comportamental) é quando as pessoas vão criando hábitos em relação ao cigarro; associando a diversas situações. Muitos fumam quando tomam um cafezinho, após as refeições, antes de dormir, dirigindo, etc.
O MELHOR MOMENTO É AGORA.
O tratamento para tabagismo utilizado por diversos centros de referência com metodologia aprovada
pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é baseado em técnicas de Entrevista Motivacional e Prevenção
de Recaída com sessões estruturadas de Terapia cognitivo comportamental (TCC). O tratamento pode ser individual ou em grupo. Não deixe para depois, não espere o melhor momento. Se não está conseguindo
parar de fumar sozinho busque ajuda especializada.
Essa matéria é uma colaboração de Aline Cataldi.
Psicóloga Clínica e Escolar (PUC) e Mestre em Saúde Mental (UFRJ). Para conhecer mais sobre o seu trabalho acesse o site: www.alinedomingues.com.br

 



Você pode pagar seu anúncio com :